domingo, 24 de abril de 2011

Fênix

5 da manhã . Sono nao chega. Ouço oque o silencio tem a me dizer. Desta vez ele nao grita comigo apenas sussurra na minha mente que tudo esta finalmente se ajeitando.
É estranho olhar para tras e ver como em um pessimo momento o silencio pode ser tao cruel e tentar nos enganar fazendo com que pensassemos que nao iriamos conseguir.
Hoje com a cabeça no lugar e o coraçao tranquilo posso dizer que tudo esta em paz.
Não sinto necessidade do que nao tenho , comecei a aceitar que as coisas acontecem no tempo certo e que tudo acontece porque tem de acontecer.
Uma coisa ruin vem para nos ensinar a ter força , força essa que nem imaginamos ter. Nos ensina a ser grande , grande mente, grande coraçao e grande alma. Alma essa que há muito tempo havia fugido de mim mas que esta voltando para casa aos poucos e se colocando no seu verdadeiro lugar.
Sinto que estou nascendo novamente , a cada dia. 'Hoje é dia de nascer de novo' , ja dizia Caio Fernando Abreu , e é assim que acontece . Nasço a cada dia com a esperança de ser alguem melhor.
Quando olho no espelho nao sinto mais odio ou repulsa pelo que vejo mas sim uma certa gratidao por aquela outra eu um dia ter existido e por ela ter me feito ver que posso sim ser quem quero e que por mais que alguem me julgue ninguem nunca ira entender a bagunça que dentro de mim existia.
Estive no fundo do poço e voltei , nao pretendo voltar pra ele tao cedo.

2 comentários:

  1. Visitei sua casa

    Visite a minha também
    O endereço é:

    http://verdorinvisivel.blogspot.com/

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Como eu entendo as suas palavras... e fico feliz que tenha conseguido sair de onde estava. Um dia eu vou conseguir também !!

    Beijos da Flor

    ResponderExcluir